Cuidados com vazamentos

LOCALIZAÇÃO DE VAZAMENTOS

Vazamento Interno:
O primeiro passo é fechar todas as saídas de água de sua casa e deixar aberto somente o registro do hidrômetro. Verificando o hidrômetro, você vai notar que nele existe alguns marcadores. Se eles continuarem a girar é sinal que há algum vazamento. Importante realizar este teste em um período que a caixa da água estiver cheia.

Na tubulação que alimenta o reservatório:
Para saber se existe algum vazamento no ramal que vai até a caixa da agua, mantenha o registro do hidrômetro aberto e prenda a boia da caixa de forma que não entre mais agua. Acompanhe por dez minutos no hidrômetro se há alguma movimentação nos seus indicadores de consumo é sinal que o vazamento é antes do reservatório

Na instalação alimentada pela caixa d'água:
Feche todas as torneiras, vede as boias da caixa e não use o sanitário. Marque o nível de água da caixa e espere uma hora sem usar água. Se o nível de água baixar é porque existe vazamento após a caixa da água.

VAZAMENTOS MAIS COMUNS:

No vaso sanitário:
Verifique vazamentos no vaso sanitário, jogando cinzas no fundo. Se houver movimento, é porque existe vazamento.

Na caixa de descarga:
Coloque um pouco de corante(anilina) na caixa de descarga e veja se a água do vaso sanitário ficou colorida. Se ficou, é porque há vazamento.

Torneiras:
Verifique se não há nenhuma torneira pingando, se houver providencie o conserto imediatamente.

Pontos de umidade na parede e no solo:
Locais de umidade persistentes podem indicar que há algum vazamento na tubulação. Fique atento pois estes vazamentos podem gerar um aumento muito alto no consumo.

Pontos críticos de vazamento:
Emendas, joelhos e tês na tubulação são pontos mais vulneráveis de vazamentos.


IMPORTANTE:
NEM TODOS OS VAZAMENTOS SÃO APARENTES, OU SEJA, EM ALGUNS CASOS NÃO APARECEM NA SUPERFÍCIE.
EM CASO DE DÚVIDA, COMUNIQUE O SAMAE IMEDIATAMENTE.