Cobrança da Água: Uma Forma de Ter Recursos

A cobrança pelo uso da água, proposto pela Agência Nacional de Águas (Ana) desde 2002, quem captar água de qualquer bacia hidrográfica vai pagar e isso é um aporte de recursos importante para quem gerenciar o sistema. A taxação foi autorizada pelo Congresso em 1997. Na época o mercado estava passando por um interessante movimento, em que grupos internacionais interessados no serviço e, conseqüentemente, na cobrança, estavam pressionando prefeitos e legisladores. Outro fator da época era o fato de não haver uma legislação clara sobre o assunto. Se por um lado há a pressão de alguns grupos internacionais, também há a falta de interesse de investir enquanto não houver uma definição clara do modelo a ser adotado no País. A água é um dos produtos que mais será valorizado neste século. Baseado em estatísticas da Organização das Nações Unidas (ONU), dentro de mais ou menos 20 anos, 2,8 bilhões de pessoas viverão em regiões de seca crônica.