A História da Água em Timbó

Em novembro de 1971 o município de Timbó assinava com a CASAN um convênio que concedia a estatal à concessão de exploração de serviços públicos municipais de esgoto, saneamento e de abastecimento de água; Em dezembro de 2001, através da Lei Complementar nº 212/01 o Município instituía a criação do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto – SAMAE; Em novembro de 2001 a novembro de 2002, a CASAN continuou com os serviços sem anuência do município, através de liminar judicial. No dia 6 de dezembro de 2002 por Decisão Judicial do TJ-SC, o município de Timbó retomou a concessão de exploração de serviços públicos do abastecimento de água.

Sistema CASAN antes de 2002:
0% de coleta e tratamento de esgoto.
Falta de investimento.
A demanda de água tratada não atendida várias localidades do município.
Falta de manutenção preventiva e corretiva em todo o Sistema de Abastecimento de Água.
Deficiência no atendimento às normas consoante a qualidade da água.

Sistema SAMAE depois de 2002:
Melhoria contínua no Sistema de Abastecimento de Água seja na captação, tratamento e distribuição de água.
Com o serviço municipalizado, as tomadas de decisões têm menor tempo de resposta.
Aquisição de terreno para a ampliação do Aterro Sanitário.
Levantamento topográfico concluído, com o objetivo de iniciar o projeto Executivo do Sistema de Esgoto.
Inicio da implantação da rede coletora de esgotos em várias ruas e localidades.